Londres
5 °C

A Onda de solidariedade em meio ao Caos

|

Por Thaís Braga*


O que a gente mais vê por aí são as notícias ruins, mas já pararam pra pensar nas iniciativas positivas que surgiram em meio ao caos? 


Ser negativo nesse momento é compreensível , mas o destaque aqui vai para os que estão nadando contra a corrente e renovando as esperanças da humanidade, unindo forças e exercitando o bem sem ver a quem.


São exemplos que nos fazem refletir nossas ações. Como se fosse um combustível para nossa esperança, uma onda no mar morto! É como se alguém botasse o dedo na água inerte e formasse ondas por todo lado. Com apenas uma pequena ação, transforma-se o redor e além, e quando a onda está quase perdendo a força, mais alguém toca a água e leva mais movimento à frente.


O que circulou a internet semana passada foi o cartão para anotar seu contato, marcar opções de ajuda e entregar para um vizinho em isolamento ou a um idoso. Algo simples, sincero e verdadeiramente útil. Um pedaço de papel que, além de contribuir de forma eficaz, transmite compaixão e senso de comunidade. O que mais precisamos nesse momento, concordam? Sentimentos que afogam o medo e a sensação de estarmos sozinhos.


Help



Muitos grupos locais se formaram nas mídias sociais para trocar ideias e partir para ação com objetivo de ajudar o próximo! Iniciativas 100% sem apoio governamental. Estamos realmente nos movimentando e fazendo a diferença para salvar vidas. 

O isolamento vai contra nossa essência, e por isso, nunca trabalhamos tanto por essa união. O velho ditado mais uma vez se confirma: “Damos valor quando perdemos”. Parece que foi uma forma de nos mostrar o que realmente importa nessa vida: "somos melhores juntos". A era da tecnologia, parceira da solidão, nos guiava para outra direção ? Ainda bem que encontramos um meio termo nesse cenário: usar a tecnologia para se doar e nos aproximarmos.


Profissionais de diversas áreas também se organizam para contribuir


Dr.Qian Xu

Médica inglesa que está atendendo online gratuitamente - Foto Reprodução



A Dr. Qian Xu, médica inglesa, dermatologista, teve a ideia de ceder seu tempo para atender pessoas online gratuitamente enquanto a quarentena estiver em vigor. Para ela agora é a hora pensarmos no próximo trabalharmos em equipe e também dedicarmos um tempo para nós. Uma oportunidade para cuidar de você, se olhar e se retomar como prioridade. Uma análise completa de dentro pra fora. Ela, além de fazer atendimentos estéticos, está na linha de frente das emergências no NHS, contra o Corona Vírus. 


Outros profissionais da comunidade brasileira também estão cedendo seu tempo em nome do bem, são terapeutas, psicólogos, professores, entre outros. Para reservar um horário com a médica Qian Xu, basta enviar um email para bookings@saclinic.co.uk


Instituições que entraram na onda colaborativa


Empresas privadas também se sensibilizaram e viram uma oportunidade para divulgar seus conteúdos, alguns cursos, filmes e séries estão temporariamente liberados para acesso sem nenhum custo. Se você quer aproveitar essa quarentena para se entreter ou aprender algo novo, seguem algumas dicas!

1


2


3





* Thaís Braga é publicitária, especialista em gestão de redes sociais, que atua em Londres há muitos anos. Autora do blog Maezona, é colaboradora desde 2018 do Direto de Londres.



4 Comentários

1

nRjHgSWOcGoUvbra

escrito por fauTGpVJzFQ 01/dez/20    10:34 h.
2

vWFgCSALUzu

escrito por drShYKzMfctmGp 01/dez/20    10:34 h.
3

zwyOspmRQhgCuqrG

escrito por FsbQdxInOSB 19/set/20    14:42 h.
4

Qui Coisa Linda ' ~

escrito por Valdeci 03/abr/20    00:14 h.

Deixe seu comentário