Londres
12 °C

Brasileiros vão às ruas, contrastando com a ordem de recolhimento total em diversos países

|

WhatsApp Image 2020 03 15 at 16.27.15


Foto reprodução Facebook Leandro Fortes


(LONDRES) Direto de Londres - C. Lebelem


Enquanto o governo da Espanha já está aplicando multa de até R$10 mil reais a quem estivar passando pelas ruas sem necessidade, uma determinação do governo para proteger a população do avanço do corona vírus,  o cenário no Brasil é outro. Em diversas cidades, pessoas se aglomeram em ato pró-governo, neste domingo (15).


Pelas redes sociais, a discussão sobre a autoria da convocação do evento neste momento de crise mundial – sem uma bandeira clara (alguns dizem que é contra a corrução do Congresso e do STF, enquanto outros alimentam a hipótese de que seja pró-governo Jair Bolsonaro) –  se discute de norte a sul a responsabilidade pela incitação do ato de aglomerar a população frente aos riscos.


No começo da tarde, o próprio presidente Jair Bolsonaro (que fez dois testes para verificação da presença do vírus no organismo) foi visto em Brasília passando de carro nas proximidades do local de manifestação. O presidente teria deixado o isolamento. Ele não chegou a descer do carro, de acordo com as informações, apenas seguiu o comboio na carreata improvisada na região do Eixo Monumental. Em Londres e em Paris, onde durante toda a semana foram divulgados convites para reforçar a manifestação brasileira, não houve qualquer anúncio de confirmação para atos neste domingo (15).

Nenhum comentário

Deixe seu comentário