Londres
15 °C

​Escritório em Londres fecha após suspeita de funcionário infectado com coronavírus

|

Canary wharf coronavirus diretodelondres 300719 1 741x417


Foto Reprodução


(LONDRES) Canary Wharf - Por Cristiane Lebelem


Por causa dos sintomas apresentados por um funcionário recém-chegado de um dos países infectados, o escritório da petrolífera Chevron foi fechado na capital britânica no começo desta semana.


Na manhã desta quarta-feira (26), com a divulgação da notícia no períodico Metro, que é distribuído nas estações de metrô de Londres, uma onda de especulação e insegurança se alastrou via redes sociais, especialmente, entre pessoas que circulam na região de Canary Wharf, considerada uma região importante, onde muitas das mais importantes companhias sediadas no Reino Unido tem escritório, com funcionários de alto escalão, que costumam viajar muito para a região asiática.

A orientação dada por toda parte é que qualquer um que apresente sintomas informe imediatamente as autoridades, e as instituições, como empresas, universidades, e diversos outros locais públicos também são responsáveis por este trabalho de manter o alerta entre a população.


Duas escolas no interior da Inglaterra também fecharam por questões de segurança

Outras duas escolas primárias foram fechadas, de acordo com o jornal Lincolnshire News, em publicação nesta terça (25).  As informações revelam que uma pessoa foi colocada em isolamento devido a uma "potencial ligação" ao coronavírus e está sendo monitorado com diversos testes.


A escola primária Lutton St. Nicholas e Gedney Church End, ambas perto de Spalding, permanecem fechadas até que recebam alguma outra orientação.


Uma declaração divulgada no site de ambas as escolas diz que a medida foi tomada seguindo os conselhos do governo.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário