Londres
17 °C

Moçambique está em alerta pelas próximas horas

|

(LONDRES - BRIXTON) Por Redação: Em consequência da passagem ciclone Idai por Moçambique, o país está em estado de alerta. Barragens e rios tiveram um aumento expressivo na quantidade de água e mais de cem mil pessoas que residem nas proximidades de Búzi, distrito da província de Sofala, correm o risco de sofrer com as inundações.


Naom 5c900f2008814

Foto: REUTERS / Philimon Bulawayo


O ciclone Idai atingiu o litoral moçambicano na noite de quinta-feira passada (14) e Beira, na zona portuária foi a cidade mais afetada.


De acordo com a associação Save the Children, esse já é apontado como o desastre climático mais grave do hemisfério sul por conta do número de pessoas atingidas. O balanço oficial levantou que 356 pessoas morreram e 1416 estão feridas, enquanto que 1,7 milhão de pessoas foram diretamente afetadas pelo ciclone, segundo o Programa Mundial de Alimentos da ONU.


A ajuda humanitária já foi enviada e estima-se que 40 mil já foram resgatadas das áreas de risco. O ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva, afirmou que o país também está enviando 35 militares das Forças Armadas para auxiliar nos salvamentos.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário